+Natal RN - O Guia Comercial do Rio Grande do Norte
Vamos conhecer um pouco da nossa cidade?

O fracasso das primeiras tentativas de colonização do RN

1
tentativas de colonização do RN
tentativas de colonização do RN

O fracasso das primeiras tentativas de colonização do RN foi causado por uma serie de fatores regionais, porem também podemos atribuir muito disso ao contexto histórico da época.

A pedido do rei, Martim Afonso deixou o Brasil, em 1534, para cuidar de negócios na Índia. Aqui, porém, deixou os colonos provindos dos meios necessários ao desenvolvimento da economia colonial. Foram eles que introduziram no país o gado e os animais de carga, bem como a cana-de-açúcar, plantada pioneiramente em São Vicente.

A cana era um produto comercial de alto valor que os portugueses já cultivavam com sucesso em suas possessões nas ilhas do Atlântico. No ano da partida de Martim Afonso, o rei resolveu adotar para a administração do território o sistema de capitanias hereditárias, que já utilizara nas colônias da África e das ilhas do Atlântico.

tentativas de colonização do RN

No ano da partida de Martim Afonso, o rei resolveu adotar para a administração do território o sistema de capitanias hereditárias, que já utilizara nas colônias da África e das ilhas do Atlântico. Quinze enormes porções de terra foram doadas a membros da pequena nobreza e comerciantes, em geral com experiência militar e serviços prestados na África ou na Índia.

O fracasso das primeiras tentativas de colonização do Rio Grande do Norte começou depois desses primeiros esforços para o início das riquezas que o Brasil poderia ter.

quais os primeiros resultados insatisfatórios?

A divisão do território se estendeu de Belém do Pará até a ilha de Santa Catarina, tendo como limites o Oceano Atlântico a leste e a linha de Tordesilhas a oeste. Arcando com os custos do empreendimento, eles deveriam administrar a exploração das capitanias, contando com amplos poderes na distribuição de terras para colonos e na cobrança de impostos.

O sistema não produziu os resultados esperados. Por um lado, os donatários não tinham interesse ou não dispunham dos recursos financeiros para a colonização. Por outro, o relacionamento com os índios foi se tornando conflituoso, à medida que grupos maiores de portugueses se estabeleceram em suas terras.

A colonização gerou o primeiro desastre ambiental do Brasil

Diferentemente dos comerciantes de pau-brasil, os novos colonos vinham para ficar e submeter a terra aos seus padrões de trabalho e economia. A introdução da agricultura pelo branco em moldes muito diferentes dos conhecidos pelas aldeias indígenas significou o ponto máximo de tensão entre os interesses dos dois grupos.
Para as grandes plantações, eram necessários os desmatamentos, a expulsão dos nativos e a apropriação das terras indígenas.

tentativas de colonização do RN
tentativas de colonização do RN

Além disso, ao mesmo tempo em que os novos colonos davam início a uma economia agrícola em solo brasileiro, a exploração do pau-brasil começava a dar mostras de esgotamento. A devastação desenfreada das matas litorâneas tornava obrigatória a busca do produto em regiões cada vez mais longínquas.

Um exemplo conhecido é o da floresta existente ao redor da vila de Olinda em Pernambuco, fundada por Duarte Coelho em 1534. Doze anos depois da chegada do donatário, a mata já se encontrava a 120 quilômetros de distância da vila.

As guerras indígenas foram causadas pelos Portugueses?

Simultaneamente, para o desenvolvimento da lavoura, os portugueses experimentaram uma necessidade maior de mão de obra. Inviabilizada a relação pacífica do escambo, os portugueses recorreram à violência, capturando o índio e obrigando-o ao trabalho escravo. Isso gerou imediatos e frequentes ataques de represália indígena às povoações portuguesas. Quais os povos que foram utilizados como mão de obra?

  • Índios encontrados nas redondezas.
  • Negros traficados.
  • Pessoas de classe baixa que foram condenadas a trabalhar aqui no Brasil para cumprir pena.

As guerras indígenas constituíram o golpe de misericórdia ao sistema de capitanias hereditárias, que se tornou inviável quinze anos depois de implantado. Nas capitanias da Paraíba, Bahia, e Espírito Santo, os povoados foram massacrados cinco ou seis anos depois de estabelecidos.

Quero conhecer mais sobre as tentativas de colonização do RN!

Se você quer conhecer cada vez mais sobre as maravilhosas historias do RN, não perca a chance de aprender um pouco mais através do nosso artigo sobre: A presença Francesa no Rio Grande do Norte.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.