+Natal RN - O Guia Comercial do Rio Grande do Norte
Vamos conhecer um pouco da nossa cidade?

Rio do Fogo Rio Grande do Norte

0

Rio do Fogo Rio Grande do Norte, É um pedacinho do céu um lugar maravilhoso para quem está procurando paz e sossego localizado ao norte do estado. O lugar possui muitas praias lindas e paradisíacas. O turista irá encontrar lagoas, parrachos, mata preservada e muita tranquilidade.

A cidade é o destino ideal de quem procura sombra e água fresca. O turismo local é representado pela beleza das Praias de Rio do Fogo, Barra de Punaú, Pititinga e Zumbi.

parrachos-de-rio-do-fogo-8094446-8634113
Rio do Fogo Rio Grande do Norte

O ecoturismo também tem seus atrativos, como: reserva de mangues, partes da Mata Atlântica, os parrachos, lagoas, dunas e o Morro do Urubu. Um dos mais belos cenários é a Barra de Punaú. A barra é o ponto de encontro do rio com mar. Sugerimos ao turista apreciar o belo pôr do sol desta região.

Como o Rio do Fogo foi fundado?

Inicialmente, três famílias partiram da região de Jardim do Seridó fugindo da seca em busca da sobrevivência, seguiram os vale dos rios em direção ao litoral (estes eram os antigos caminhos das tribos tapuias, que em semelhantes períodos de estiagem, rivalizavam com os potiguares na disputa pelo território) e chegaram as terras conhecidas hoje como Rio do Fogo.

A rotina da maioria dos habitantes naquele período era trabalhar na agricultura pela manhã, plantando macaxeira, milho e melancia, e pescar a tarde nas proximidades do farol novo. Usavam como iscas para atraírem os peixes, cabeças de lagostas amassadas, que espalhavam na água formando o que chamavam de ‘engodo’. As caudas eram jogadas fora.

Curiosidades sobre o Rio do Fogo

Quando uma pessoa adoecia, era preciso transportá-la em lombo de burro até Touros, distante 10km, e esperar um carro que fosse para Natal. Esse era o mesmo trajeto percorrido pela produção pesqueira e agrícola. Os peixes eram salgados e secos, transportados em lombo de animal e seguiam para Touros, Ceará-Mirim e Natal. O sal vinha nos paquetes provenientes de Macau e custavam um tostão o paquete.

praia-rio-do-fogo1-8490074-4314306
Rio do Fogo Rio Grande do Norte

No Governo Dinarte Mariz, chegou a estrada e com ela a especulação. O primeiro a chegar foi um americano conhecido como Morgan, que trazia consigo o acionista cearense ‘Zé da Lagosta’, que a partir de 1961 começou a comercializá-la de Rio do Fogo para Fortaleza, no governo de Lavoisier Maia, chegou a energia, dando um grande impulso na pesca artesanal, pela possibilidade de estocagem do produto a espera do comprador.

Um projeto do governador Dinarte Mariz, chegou ao município 180 japoneses, eles distribuíram lotes no atual distrito de Punaú, para a produção de jerimum, melancia, milho, tomate e melão, tendo apenas o primeiro produto enraizado na cultura agrícola local. Nas décadas de 1970 e 1980, o desenvolvimento do município esteve atrelado aos principais programas dos governos que introduziram atividades como a produção de banana, coco e caju, com fins comerciais, e a mineração de diatomito.

Qual a lenda do Rio de Fogo?

A história sobre A Lenda da Lagoa do Fogo, guardam memórias e informações sobre o povoamento da localidade e a origem do nome dado ao município. Localizado no litoral norte do estado do Rio Grande do Norte, a região Nordeste do Brasil, é um dos mais jovens dentre os 167 municípios que integram o território do estado.

rio-do-fogo-1013570-2403276
Rio do Fogo Rio Grande do Norte

Reza a lenda que na lagoa existente em Rio do Fogo, mora uma jiboia encantada, que guarda no fundo da lagoa uma cidade com tudo feito de ouro. O nome dado a lagoa é um dos grande mistérios do local. As famílias sertanejas mantinham seu sustento através de pescaria numa grande lagoa existente nas proximidades.

No caminho para as pescarias noturnas, avistavam com frequência aparições da jiboia encantada e de um grande círculo de fogo em torno da lagoa com conotação de um autêntico fenômeno sobrenatural. A partir disso, os habitantes pioneiros passaram a chamar a lagoa de Lagoa do Fogo e consequentemente o pequeno rio recebeu o nome do fenômeno e passou a se chamar Rio do Fogo.

Rio do Fogo Rio Grande do Norte e muito mais!

Se você gostou de conhecer um pouco mais sobre esse pedaço lindo do RN e quer conhecer ainda mais sobre as belezas deste estado, aproveite para ler nossa artigo sobre: Carnaúba RN.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.