+Natal RN - O Guia Comercial do Rio Grande do Norte
Vamos conhecer um pouco da nossa cidade?

Período colonial no Rio Grande do Norte

0

O período colonial no Rio Grande do Norte trouxe aspectos que duram até os dias de hoje, estado mais a nordeste do Brasil, inicia-se a partir do povoamento do território brasileiro, quando houve uma onda de migrações para os Andes, depois para o Planalto do Brasil, a região Nordeste, até chegarem ao Rio Grande do Norte.

Ao longo de sua história, seu território sofreu invasões de povos estrangeiros, sendo os principais os Franceses e Holandeses.

período colonial no rio grande do norte
período colonial no rio grande do norte

Após ser subordinado ao governo-geral do Estado do Brasil, o Rio Grande do Norte passa a ser subordinado à Capitania de Pernambuco. Em 1822, quando o Brasil conquistou sua independência do Império Português.

O Rio Grande do Norte passaria a se tornar província e, com a queda da monarquia e a consequente proclamação da república, a província se transforma em um estado, tendo como primeiro governador Pedro de Albuquerque Maranhão.

Como foi o período colonial no Rio Grande do Norte?

Segundo historiadores, a primeira expedição organizada no território do Rio Grande do Norte teria acontecido em 10 de maio de 1501. Ninguém sabe exatamente quem foi o comandante desta expedição, que durou cerca de 67 dias.

Entretanto, dentre vários nomes apresentados, o mais aceito é Gaspar de Lemos. O resultado de toda essa expedição foi o alcançamento do Rio Grande à altura do Cabo de São Roque. Lá, segundo o historiador Luís da Câmara Cascudo, ocorreu a implantação do primeiro marco de posse do Brasil.

No mesmo período, o Governo da República Portuguesa tomou a decisão de enviar militares para a realização de expedições chamadas de Guarda-costas para a defesa de sua colônia, no mesmo tempo que toda a costa litorânea brasileira estaria sendo visitada por piratas denominados de corsários, vindos principalmente da França.

Qual a expedição militar considerada a mais importante no descobrimento do Brasil?

período colonial no rio grande do norte
período colonial no rio grande do norte

Dentre as expedições militares ocorridas, as comandadas pelo Português Cristóvão Jacques, natural de Algarves, são consideradas as mais importantes. Com o intuito de resolver o problema daquela época, Cristóvão Jacques sugeriu que o local fosse imediatamente povoado, ideia aprovada por eminentes de Portugal.

Isso levou o rei de Portugal na época, D. João III, a enviar para o Brasil uma expedição liderada por Martim Afonso de Sousa. Além da ideia de povoamento, o navegador português também sugeriu a divisão territorial do Brasil em Capitanias Hereditárias, que já havia sido feita com ilhas localizadas no Oceano Atlântico.

Qual era o foco da colonização?

período colonial no rio grande do norte

A maior preocupação do rei era povoar as novas terras e proclamar colônia de Portugal, para evitar que outras nações tomassem posse das terras Brasileiras. Quais eram as maiores riquezas encontradas no Brasil?

  • Pau-Brasil
  • Cana de açúcar
  • Mão de obra indígena
  • Busca por Metais valiosos

Todos sabemos que algumas dessas riquezas só foram encontradas depois da colonização, mas o principal foco no período colonial no Rio Grande do Norte era a extração do pau Brasil, os Portugueses tentaram comprar o Pau Brasil dos índio por coisas que eles nunca tinham visto.

No começo essas trocas eram fáceis e não tinha conflito com os povos nativos, mas logo depois os Portugueses tentaram escravizar os indígenas nas plantações de cana de açúcar gerando guerras criando a necessidade de mão de obra escrava estrangeira.

Quero conhecer mais sobre o período colonial no Rio Grande do Norte!

Aprender sobre momentos históricos de nosso pais é sempre fascinante e o Rio Grande do Norte faz parte da grande maioria deles o que torna este estado rico em diversidade cultural.

Se você gostou de aprender um pouco sobre as mudanças que o estado passou e sua historia, não perca a oportunidade de ler também nosso artigo sobre: Pôr do sol em Natal.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.