+Natal RN - O Guia Comercial do Rio Grande do Norte
Vamos conhecer um pouco da nossa cidade?

Os governos militares e a formação das “novas oligarquias” no RN

0

Com a proclamação da República, em 1889, foi iniciado um novo período na história política do Brasil, o poder político passou a ser controlado pelas oligarquias rurais, principalmente as oligarquias cafeeiras.

Entretanto, o controle político exercido pelas oligarquias não aconteceu logo em seguida à proclamação da República, os dois primeiros governos corresponderam à chamada República da Espada, ou seja, o Brasil ficou sob o comando do exército. Marechal Deodoro da Fonseca liderou o país durante o Governo Provisório. Após a saída de Deodoro, o Marechal Floriano Peixoto esteve à frente do governo brasileiro.

Os governos militares e a formação das “novas oligarquias” no RN
Os governos militares e a formação das “novas oligarquias” no RN

Os grupos que deram início ao pode oligárquicos, principalmente a oligarquia cafeeira paulista, estavam articulando para assumir o poder e controlar a República. Os paulistas apoiaram Floriano Peixoto. Dessa aliança surgiu o candidato eleito nas eleições de março de 1894, Prudente de Morais, filiado ao Partido Republicano Paulista.

O que era o voto de cabresto?

O voto de cabresto era feito pelos senhores de engenho, nessa época o voto já era secreto, mas os senhores de engenho obrigavam os escravos e empregados a votarem na sua indicação.

Os coronéis sempre exerceram a política de troca de favores, mantinham sob sua proteção uma enorme quantidade de afilhados políticos, em troca de obediência.

Os governos militares e a formação das “novas oligarquias” no RN
Os governos militares e a formação das “novas oligarquias” no RN

Geralmente, sob a tutela dos coronéis, os afilhados eram as principais na hora do voto, as políticas eram controladas por ele. Nas áreas próximas à sua propriedade rural, o coronel controlava todos os votos eleitorais a seu favor (esses locais ficaram conhecidos como “currais eleitorais ou voto de cabrecho”.

Como funcionava a primeira república?

Durante a Primeira República, o mercado tinha muita influência na area de agroexportação e o principal produto da economia brasileira era o café. Com a queda da Bolsa de Valores de Nova York, a economia cafeeira brasileira enfrentou uma enorme crise, pois as grandes estocagens de café fizeram com que o preço do produto sofresse uma redução drástica, o que ocasionou a maior crise financeira brasileira durante a Primeira República.

Na Revolução de 1930, Getúlio Vargas assumiu o poder após um golpe político que liderou juntamente com os militares brasileiros. Os motivos do golpe foram as eleições manipuladas para presidência da República, as quais o candidato paulista Júlio Prestes havia ganhado, de forma obscura, em relação ao outro candidato, o gaúcho Getúlio Vargas, que, não aceitando a situação posta, efetivou o golpe político, acabando de vez com a República Oligárquica e com a supremacia política da oligarquia paulista e mineira.

Quais as maiores mudanças eleitorais nesse período?

Governos posteriores ao período militar no rio grande do norte foram agressivos para eliminar os rastros dos governos anteriores, a imagem que eles passavam não era favorável com as novas ideias que surgiam com o passar dos anos. Abaixo daremos alguns exemplos de áreas que foram mais afetadas com essas mudanças.

  • Agrária
  • Tributária
  • Eleitoral
  • Bancária
  • Urbana
  • Educacional

A conspiração em curso contra o governo de João Goulart foi resultado do temor de grupos conservadores com a ascensão dos movimentos sociais, como os movimentos de camponeses, operários e estudantes. A sociedade brasileira estava rachada ideologicamente entre direita e esquerda, e um dos grandes alvos de debate foram as Reformas de Base.

Quais os planos de Jango para o Brasil?

Duas ações do governo de Jango aumentaram essa oposição do governo americano, que passou a financiar as movimentações golpistas no Brasil. A primeira ação foi a Lei de Remessas de Lucros de 1962, que impedia multinacionais de enviar mais do que 10% de seus lucros para o exterior.

Os governos militares e a formação das “novas oligarquias” no RN
Os governos militares e a formação das “novas oligarquias” no RN

A segunda medida que desagradava aos americanos era a continuidade da política externa independente do Brasil e praticada pelo Ministro das Relações Exteriores, San Tiago Dantas. Com isso, a partir de 1962, os Estados Unidos passaram a financiar ativamente grupos e políticos conservadores no Brasil.

Dois grupos que recebiam amplo financiamento americano ficaram conhecidos como “complexo Ipes-Ibad”, sendo Ipes o Instituto de Pesquisa e Estudos Sociais, e o Ibad, o Instituto Brasileiro de Ação Democrática.

Quando o governo Jango começou a enfraquecer?

Em 12 de setembro de 1963, aconteceu em Brasília a Revolta dos Sargentos. Essa revolta foi motivada pela insatisfação dos sargentos, que haviam sido proibidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF) de ocupar cargos no Legislativo.

Os sargentos rebeldes dominaram prédios governamentais em Brasília, mas foram rapidamente contidos, e a situação foi colocada sob controle. Como nenhuma ação punitiva foi tomada por Jango, o governo transpareceu um ar de impunidade para certa ala das Forças Armadas caso houvesse outras rebeliões.

Tudo isso ocasionou a queda do governo Jango, com todos os protestos o povo começou a ser ouvido e logo o sistema de votos teve que ser mudado outra vez.

Quais as maiores mentiras contadas para eleger militares?

O presidente João Goulart, que já havia tido dificuldades em assumir o cargo de presidentes após a renúncia de Jânio Quadros, vinha propondo transformações estruturais no âmbito político e social do Brasil, o que sua equipe denominou de “Reformas de Base”.

Essas reformas, aos olhos dos críticos do governo, ofereciam brechas para uma guinada comunista de teor radical. O próprio presidente já havia dado atenção a países comunistas à época, como a China, e isso contribuía ainda mais paras as críticas que lhe eram feitas.

Além disso, desde o início da década de 1960, havia focos de guerrilha rural no Brasil, como a Liga dos Camponeses Pobres, de Francisco Julião que tinha conexões com Cuba.

Quando começaram as revoltas contra o Regime Militar?

Os governos do regime militar no Rio Grande do Norte começaram a perceber organizações de pessoas que iam contra o regime, para abafar o ocorrido eles começaram a dar sumiço nos envolvidos.

Foi ainda durante o governo de Castelo Branco que houve muitas campanhas de lideranças políticas civis contra o regime ( pela demora em se fazer um novo pleito eleitoral democrático), como a de Carlos Lacerda, que apoiou o golpe em seu início.

Os governos militares e a formação das “novas oligarquias” no RN
Os governos militares e a formação das “novas oligarquias” no RN

As ações perpetradas por Carlos Lacerda e outras lideranças ficaram conhecidas como Frente Ampla e tiveram grande repercussão nos anos de 1966 e 1967.

O que Aluízio Alves fez pelo Rio Grande do Norte?

Sempre com suas metáforas fortes Aluízio Alves ficou conhecido por sempre falar “ A César o que é de César”. Advogado e político atuante, foi Aluízio que fez o Rio Grande do Norte até então inexpressivo ser reconhecido no mapa do Brasil. Responsável pelo avanço de diversos setores que estão em alta até hoje ele tirou da lama a economia de Potiguar, colecionou séries de cargos nos poderes legislativo e executivo.

Foi deputado federal, governador, ministro do estado e teve seus direitos políticos suspensos pelo regime militar por ser contra esse governo que ele nunca fez questão de esconder que era extremamente repressor e explosivo.

Sendo um cara a frente do seu tempo Aluízio Alves criou durante a ditadura o projeto “Tribuna do Norte” e ajudou a construir o grupo Cabugi de comunicação. Mas por trás da figura pública e da face empreendedora, era um homem simples e muito ligado a família.

Aluízio Alves é bem visto por outros políticos da atualidade?

A trajetória política e o empreendedorismo do ex-governador e ex-ministro Aluízio Alves foram destacados esta tarde pelos deputados Poti Júnior–PMDB e Vivaldo Costa-PR. Nesta quinta feira, 11, se vivo fosse Aluízio estaria completando 90 anos de nascimento.

Na homenagem póstuma, Poti destacou a liderança política do ex-ministro que conquistou o seu primeiro mandato nas eleições de 1945, eleito para a Assembleia Nacional Constituinte como o mais jovem deputado aos 24 anos de idade.

“Além de um brilhante político, Aluízio Alves foi um empreendedor de destaque no Rio Grande do Norte. Criou o sistema Cabugi de Comunicação, trouxe fábricas para Natal e o hotel Ducal”, disse.

Vivaldo Costa, disse que nunca tinha votado nele, pois era seguidor de Dinarte Mariz, mas não podia deixar de destacar a importância que Aluizio Alves teve para o Rio Grande do Norte trazendo a modernidade para as campanhas políticas e para a sua administração como governador do Estado.

“Era um homem determinado, admirado pela sua luta, capacidade e carisma. Fez uma administração moderna diferente de todas as anteriores. Aluizio Alves foi um gênio na política”, disse.

Nada é perfeito mas as pessoas que tentam tornar tudo o mais perfeito que elas conseguem sempre ganham um destaque mesmo após sua morte, a memória do Aluízio Alves é tratada com muito carinho e respeito por todos que conheceram sua história.

Os governos militares e a formação das novas oligarquias no RN e muito mais!

Se você gostou de aprender um pouco mais sobre a historia do RN e quer continuar aprendendo, aproveite para ler nosso artigo sobre: Guia São Miguel.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.