+Natal RN - O Guia Comercial do Rio Grande do Norte
Vamos conhecer um pouco da nossa cidade?

O movimento de 1817 no rio grande do norte

0
O movimento de 1817 no rio grande do norte
O movimento de 1817 no rio grande do norte

A chamada Revolução Pernambucana, também conhecida como Revolução dos Padres, foi um movimento emancipacionista que eclodiu em 6 de março de 1817, na então Capitania de Pernambuco, no Brasil, culminando em 19 de Maio do mesmo ano.

O movimento de 1817 no Rio Grande do Norte que começou em Pernambuco conhecido como insurreição de 1817 ou Revolução pernambucana foi a maior revolta que tinha acontecido no Brasil antes da Independência Brasileira, todo o movimento republicano foi organizada a base de muita luta e discrição dos envolvidos pois estavam desafiando o poder da coroa, e seu métodos de punição eram sempre com a morte.

Todos os envolvidos eram burgueses que tinha estudado fora do Brasil, por isso estavam com muita sede de mudança e vontade de lutar por um ideal que libertaria o Brasil do sistema que tinha sido imposto desde a colonização.

Os efeitos dessa Revolução foi visivelmente apoiado em todo o Brasil e o Rio Grande do Norte teve uma pequena participação, pois os donos das salinas queriam comercializar seu produto internacionalmente.

Qual o foco do movimento de 1817?

O movimento de 1817 no rio grande do norte
O movimento de 1817 no rio grande do norte

O movimento social pernambucano tinha como objetivo principal a conquista da independência do Brasil em relação a Portugal. Queriam implantar um regime republicano no Brasil e elaborar uma Constituição.

A insurreição Pernambucana e o movimento de 1817 no Rio Grande do Norte agora tinham algo em comum, todos queriam a coroa fora do brasil para poderem arquitetar a nova constituição para começar a favorecer o brasil, já que o Brasil deixaria de ser colônia de Portugal não havia mais necessidade de continuarmos favorecendo a exportação de produtos manufaturados para la.

Como foi a repressão do Rei contra a Insurreição pernambucana?

Preocupado com a possibilidade de ampliação da revolta para outras províncias, D.João VI organizou uma forte repressão militar contra os rebeldes de Pernambuco.

As tropas oficiais cercaram Recife. Os embates duraram 75 dias, resultando na derrota dos revoltosos. Os líderes foram presos e condenados à morte.

Como aconteceu a Revolução Pernambucana?

Quando o Rei soube da organização da revolta, o governador de Pernambuco ordenou a prisão dos envolvidos. Porém, os revoltosos resistiram e prenderam o governador.

Depois de dominar a cidade de Recife, os revoltosos implantaram um governo provisório. Para conquistar o apoio popular, o governo provisório baixou impostos, libertou presos políticos e aumentou o salário de militares.

O movimento de 1817 no rio grande do norte

Os rebeldes enviaram emissários para outras províncias do norte e nordeste para derrubar os governos e ampliar a revolução. mas não tinham o apoio popular que tivesse relevância, esses movimentos não avançaram.

Quais as principais causas da Insurreição de 1817?

Dentre as suas causas, se destaca a influência das ideias Iluministas propagadas pelas sociedades maçônicas (sociedades secretas), a crise econômica regional, o absolutismo monárquico português e os enormes gastos da Família Real e seu séquito recém-chegados ao Brasil o Governo de Pernambuco era obrigado a enviar para o Rio de Janeiro grandes somas de dinheiro para custear salários, comidas, roupas e festas da Corte, o que ocasionava o atraso no pagamento dos soldados, gerando grande descontentamento do povo brasileiro.

Insatisfação popular com a chegada e funcionamento da corte portuguesa no Brasil, desde o ano de 1808. O questionamento maior era com relação a grande quantidade de portugueses nos cargos públicos.

O povo começou a criticar a maneira que estavam sendo governados por familiares da realeza que muitas vezes não tinham noção nem uma do que estavam fazendo. a abaixo vamos citar alguns exemplos que fizeram a Insurreição de 1817 ganhar ,força.

  • Insatisfação popular
  • chegada e funcionamento da corte portuguesa
  • Insatisfação com impostos e tributos criados no Brasil
  • Influência dos ideais iluministas
  • crise econômica

Muitos Brasileiros começaram a espalhar boatos de que os portugueses só vinham para o Brasil para acumular riquezas e depois sair do País, eles não estavam errados por isso o movimento ganhou tanta força.

A revolução pernambucana foi o único movimento separatista que conseguiu sair do planejamento?

Sim, a Revolução pernambucana foi o único movimento separatista do período colonial que ultrapassou a fase conspiratória e atingiu o processo revolucionário de tomada do poder.

Câmara Cascudo, um historiador do Rio Grande do Norte definiu esse movimento como “…A mais linda, inesquecível e inútil das Revoluções brasileiras. Em relação a então Capitania do Rio Grande do Norte, a região Oeste assume papel relevante promovendo intercâmbio com as Capitanias do Ceará e Paraíba.

O movimento de 1817 no rio grande do norte
O movimento de 1817 no rio grande do norte

Assumiu proporções com magnitude de vulto, que chegavam a ofuscar as conspirações que estavam acontecendo contra a coroa na cidade de Natal.

Por quantos dias os seguidores dos ideais iluministas conseguiram tomar o Recife?

Não tiveram uma grande resistência contra a coroa Portuguesa mas os poucos dias que tomaram o Recife foi o suficiente para mudar a história, Influenciado pelas ideias iluministas, disseminadas principalmente pela maçonaria e pelo Seminário de Olinda, o movimento ultrapassou a fase conspiratória e chegou a tomar, de fato, o poder, estabelecer um Governo Provisório e buscar apoio de outras províncias. Após cerca de 75 dias, chegou ao fim, depois de sofrer dura repressão.

Apesar de sua curta duração, deixou evidente o enfraquecimento do sistema colonial, que viria mais tarde a ser percebido em outros movimentos, culminando na Proclamação da Independência, em 1822.

Por que em Pernambuco?

Pernambuco, capitania mais próspera do Brasil no período colonial, com seus engenhos de açúcar e plantações de algodão, tinha porto movimentado, comércio ativo e um conjunto urbano significativo, por isso os organizadores chegaram a conclusão de que se tirassem a capitania que mais dava lucro a o Rei eles teriam maiores chances de sucesso.

O movimento de 1817 no rio grande do norte

O fato de os pernambucanos terem, no passado, expulsado os holandeses e retomado a terra quase sem auxílio da Coroa desenhou a ideia de um passado heroico, motivo de orgulho e da sensação de terem condições de contestar a autoridade do Governo de Portugal.

Por que em 1817?

Em 1817, o clima de descontentamento instalou-se em razão da queda do preço do açúcar pelo expressivo aumento da produção mundial, por haver se tornado mais cara a mão de obra escrava e por uma forte seca haver desolado a região no ano anterior.

Piorava o quadro de revolta por conta da má administração do governador Caetano Pinto de Miranda Montenegro era ineficiente, atrasando mesmo o soldo dos militares. Por fim, a vinda da Família Real para o Brasil, em 1808, havia agravado o descontentamento, pois não trouxe ao Norte os mesmos benefícios legados ao Sul, e para manter todo o seu aparato no Rio de janeiro, a Coroa aumentou os impostos sobre a produção de açúcar e algodão.

Como os planos de revolta eram passados por ai sem serem percebidos ?

O clima de descontentamento permitiu a difusão de ideias políticas iluministas e liberais, que sempre que podiam se reuniam escondido para falar sobre os movimentos como a Independência dos Estados Unidos e a Revolução Francesa.

O contato com essas ideias dava-se por alunos que iam estudar na Europa ou em seminários religiosos como o Seminário de Olinda e também por intermédio das Academias e da Maçonaria.

As ideias libertárias foram aos poucos sendo aceitas pela elite dominante que, por esse espírito, via surgir uma motivação política capaz de lutar pela liberdade da dominação portuguesa, mas mantendo os direitos e privilégios da ordem colonial.

O movimento de 1817 no rio grande do norte e muito mais!

Se você gostou de conhecer um pouco mais sobre este pedaço da historia do RN, aproveite para aprender ainda mais lendo nosso artigo sobre: Mangai Natal RN

O movimento de 1817 no Rio Grande do Norte que começou em Pernambuco conhecido como insurreição de 1817 ou Revolução pernambucana foi a maior revolta que tinha acontecido no Brasil antes da Independência Brasileira, todo o movimento republicano foi organizada a base de muita luta e discrição dos envolvidos pois estavam desafiando o poder da coroa, e seu métodos de punição eram sempre com a morte.

Todos os envolvidos eram burgueses que tinha estudado fora do Brasil, por isso estavam com muita sede de mudança e vontade de lutar por um ideal que libertaria o Brasil do sistema que tinha sido imposto desde a colonização.

Os efeitos dessa Revolução foi visivelmente apoiado em todo o Brasil e o Rio Grande do Norte teve uma pequena participação, pois os donos das salinas queriam comercializar seu produto internacionalmente.

Qual o foco do movimento de 1817?

O movimento de 1817 no rio grande do norte
O movimento de 1817 no rio grande do norte

O movimento social pernambucano tinha como objetivo principal a conquista da independência do Brasil em relação a Portugal. Queriam implantar um regime republicano no Brasil e elaborar uma Constituição.

A insurreição Pernambucana e o movimento de 1817 no Rio Grande do Norte agora tinham algo em comum, todos queriam a coroa fora do brasil para poderem arquitetar a nova constituição para começar a favorecer o brasil, já que o Brasil deixaria de ser colônia de Portugal não havia mais necessidade de continuarmos favorecendo a exportação de produtos manufaturados para la.

Como foi a repressão do Rei contra a Insurreição pernambucana?
Preocupado com a possibilidade de ampliação da revolta para outras províncias, D.João VI organizou uma forte repressão militar contra os rebeldes de Pernambuco.

As tropas oficiais cercaram Recife. Os embates duraram 75 dias, resultando na derrota dos revoltosos. Os líderes foram presos e condenados à morte.

Como aconteceu a Revolução Pernambucana?

Quando o Rei soube da organização da revolta, o governador de Pernambuco ordenou a prisão dos envolvidos. Porém, os revoltosos resistiram e prenderam o governador.

Depois de dominar a cidade de Recife, os revoltosos implantaram um governo provisório. Para conquistar o apoio popular, o governo provisório baixou impostos, libertou presos políticos e aumentou o salário de militares.

Os rebeldes enviaram emissários para outras províncias do norte e nordeste para derrubar os governos e ampliar a revolução. mas não tinham o apoio popular que tivesse relevância, esses movimentos não avançaram.

Quais as principais causas da Insurreição de 1817?

Insatisfação popular com a chegada e funcionamento da corte portuguesa no Brasil, desde o ano de 1808. O questionamento maior era com relação a grande quantidade de portugueses nos cargos públicos.

O movimento de 1817 no rio grande do norte
O movimento de 1817 no rio grande do norte

O povo começou a criticar a maneira que estavam sendo governados por familiares da realeza que muitas vezes não tinham noção nem uma do que estavam fazendo. a abaixo vamos citar alguns exemplos que fizeram a Insurreição de 1817 ganhar ,força.

  • Insatisfação popular
  • chegada e funcionamento da corte portuguesa
  • Insatisfação com impostos e tributos criados no Brasil
  • Influência dos ideais iluministas
  • crise econômica

Muitos Brasileiros começaram a espalhar boatos de que os portugueses só vinham para o Brasil para acumular riquezas e depois sair do País, eles não estavam errados por isso o movimento ganhou tanta força.

Quero saber mais sobre o movimento de 1817 no rio grande do norte!

Aprender um pouco mais sobre a historia de um dos estados mais lindos do Brasil é sempre uma aventura, quem visita o Rio Grande do Norte mergulha de cabeça em cultura e historia ricas.

Se você gostou de aprender um pouco com nosso artigo e quer continuar aprendendo sobre cultura, historia, economia e turismo, veio ao lugar certo, você pode começar lendo um pouco mais sobre o RN com nosso artigo sobre: Litoral do Rio Grande do Norte.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.