+Natal RN - O Guia Comercial do Rio Grande do Norte
Vamos conhecer um pouco da nossa cidade?

Hidrografia do RN

1

A Hidrografia do RN é super rica e diversificada, porém, por conta do clima semiárido e das constantes mudanças de clima os afluentes de rios estão sempre sumindo e aparecendo, causando uma mudança repentina na paisagem e na biodiversidade do local.

A hidrografia do Rio Grande do Norte é marcada por rios temporários, isto é, permanecem secos durante o período sem chuvas, sendo os principais o Apodi/Mossoró, que nasce na Serra da Queimada, em Luís Gomes, e deságua no Oceano Atlântico; e o rio Piranhas/Açu, que nasce na Paraíba e entra no Rio Grande do Norte.

A geografia do Rio Grande do Norte também contribui bastante para movimentação dessas águas, que podem ser da chuva ou de nascentes naturais, o planalto é perfeito para formar um caminho para a água ser distribuída sua altitude faz com que as água corram quase sempre pelos mesmos afluentes até as áreas de brejos.

Beneficiados pela hidrografia constante

Hidrografia do RN
Hidrografia do RN

No aspecto hidrográfico, o Rio Grande do Norte apresenta em sua formação os rios perenes (aqueles que sempre possuem água fluindo e não secam durante a seca) e temporários, lagoas, barragens e açudes. quase sempre essas fontes são alimentadas por nascentes naturais, porém existem chuvas que com a ajuda dos relevos conseguem manter o nível das águas.

Contabilizando, há 16 bacias hidrográficas percorrendo o estado, sendo eles:

  • Apodi/Mossoró
  • Boqueirão
  • Catu
  • Ceará-Mirim
  • Curimataú
  • Doce
  • Guaju
  • Jacu
  • Leste de escoamentos difusos
  • Maxaranguape
  • Piranhas/Açu
  • Potengi
  • Pirangi
  • Punaú
  • Trairi
  • Faixas litorâneas norte

é importante lembrar que o clima é tropical úmido em algumas áreas e em outras é semi árido por isso as bacias hidrográficas do Rio Grande do Norte acabam beneficiando varias cidades sendo muito importante para os moradores.

O que são áreas de brejos?

Hidrografia do RN
Hidrografia do RN

Os brejos são áreas abundante em vegetação e água, é possível encontrar rios e pequenos lagos ao longo de toda sua extensão, são verdadeiros oásis depois de um deserto.

os brejos são formados em áreas de relevos geralmente logo abaixo de planaltos, acaba recebendo chuvas tropicais e toda a água que vem descendo pelo planalto, os brejos eram usados para a criação de animais leiteiros, grandes indústrias leiteiras tem enormes fazendas em áreas de brejos.

Durante a colonização as áreas de mata foram usadas para o plantio da cana de açúcar, o gado não poderia ser criado nas mesmas terras pois acabava comendo toda a plantação, foi então que os brejos começaram a ser explorados e desde então é uma ótima forma de manter a produção de leite no seu maior potencial.

Como usar a hidrografia em benefício próprio?

Hidrografia do RN
Hidrografia do RN

É um fato que a humanidade sempre construiu suas civilizações em volta de rios e lagos a água é essencial para a vida, não foi diferente no Rio Grande do Norte.

Os índios nativos da área viviam nas margens dos rios e defendiam seu território a todo custo depois de muitas batalhas pela disputa de espaços os índios acabaram sendo vencidos e os portugueses começaram a extração de pau brasil usando os afluentes até chegarem no mar.

Com toda certeza conhecer a hidrografia de uma região vai lhe ajudar a entender como funciona o sistema de deslocamento e onde as maiores cidades estão situadas então não deixe de revisar todas as informações.

Quero conhecer mais sobre a Hidrografia do RN!

Sendo um estado de clima tão diversificado e com afluentes que mudam o tempo inteiro o RN tem uma hidrografia bastante incomum que vale muito a pena conhecer e estudar de perto tanto por suas belezas quanto por seus mistérios.

Se você gostou de aprender um pouco mais sobre a hidrografia do RN e quer continuar aprendendo, não perca a oportunidade de ler nosso artigo sobre: Governos posteriores ao período militar no RN.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.