+Natal RN - O Guia Comercial do Rio Grande do Norte
Vamos conhecer um pouco da nossa cidade?

Frutas de Natal

0

As frutas de Natal são um ponto marcante da cidade, quem visita a capital potiguar normalmente vem com a intenção de conhecer as belas praias e as dunas, mas a cidade tem muito mais a oferecer em cultura e também maravilhas naturais.

A culinária potiguar é bastante rica e muito disso se deve a natureza exuberante que encontramos na flora local, por exemplo, as frutas de natal são famosas no mundo todo por seus sabores exóticos encontrados apenas no nordeste do Brasil e que conquistam qualquer.

Para provar um pouco disso decidimos criar este artigo para falar um pouco sobre as frutas de Natal, separamos algumas das mais deliciosas que você vai adorar conhecer quando visitar a cidade e sem dúvidas nunca mais vai esquecer o sabor.

Cajá

Frutas de Natal

Também conhecida como cajazeira, a fruta vem de uma árvore muito comum tanto na região amazônica como também no Nordeste. Suas raízes, folhas, flores, frutos e sementes têm inúmeros usos medicinais. 

No sudeste da Bahia, é usada para o sombreamento permanente do Pé de Cacau. O cajá é uma fruta rica em sais minerais, tais como o fósforo, o ferro e o cálcio. Por ser uma fruta ácida, ela é consumida como suco ou também através de sorvete e outras bebidas, como geleia, sorvete e até mesmo em uma caipifruta.

Embora seu sabor seja realmente forte essa é uma fruta muito apreciada na região e quando utilizada no suco pode ser um dos melhores que você vai provar na vida.

Caju

Frutas de Natal
Frutas de Natal

Caju é muitas vezes tido como uma fruta quando, na verdade, trata-se de um pseudofruto. O que entendemos popularmente como “caju” se constitui de duas partes: o fruto propriamente dito, que é a castanha; e seu pedúnculo floral, o pseudofruto, um corpo piriforme, amarelo, rosado ou vermelho, que pode ser consumido como alimento ou em forma de suco. Muito comum na região da Mata Atlântica, principalmente no Rio Grande do Norte, onde temos o maior cajueiro do mundo. 

Quando consumido sozinho o caju pode ter um sabor azedo bastante forte, embora ainda agradável, quando em forma de suco ele tem um sabor marcante que ajuda a relaxar e sem dúvidas vai se tornar um dos seus preferidos.

Seriguela

Frutas de Natal
Frutas de Natal

A ciriguela ou seriguela encontra-se em Rondônia, Goiás, do Tocantins, do Piauí, do Ceará, de Pernambuco, da Paraíba, do Paraná, do Maranhão, do Rio Grande do Norte, do Rio de Janeiro, de Mato Grosso, de Mato Grosso do Sul, de Minas Gerais, da Bahia, de São Paulo e do Espírito Santo. 

No Rio Grande do Norte, principalmente no Litoral Norte, é comum ter diversas pessoas vendendo a fruta no meio da estrada. O seu consumo é feito de diversas formas, desde natural até na confecção de sucos, sorvetes e doces. É rica em carboidratos, cálcio, fósforo e ferro. A ciriguela possui, ainda, vitaminas A, B e C. É eficaz contra anemia, inapetência e diminuição dos glóbulos brancos.

Por ser uma fruta com um delicioso sabor adocicado ela é muitas vezes consumida direto do pé, sem dúvidas é uma das preferidas das crianças, seu suco pode ser trabalhoso de preparar uma vez que as frutas são pequenas e tem um grande caroço no centro mas o resultado final com certeza vale a pena.

Pitomba

Frutas de Natal
Frutas de Natal

Bastante vendida em feiras e na praia, a pitomba possui em geral um a dois caroços revestidos por uma camada fina e suculenta, adocicada e um pouco ácida. 

Quando madura, a fruta tem a cor laranja e em média cerca de três centímetros. Ainda são muito procurados por pássaros e amplamente cultivados em pomares domésticos por todo o país.

Embora não seja utilizada para fazer sucos como as outras frutas em nossa lista a pitomba ainda é bastante popular, no RN ela é principalmente tida como um tira gosto ou aperitivo.

Tamarindo

Frutas de Natal
Frutas de Natal

O Tamarindo é muito comum no Rio Grande do Norte. Com sabor agridoce, é usada no preparo de doces, bolos, sorvetes, xaropes, bebidas, licores, refrescos, sucos concentrados e ainda como tempero para arroz, carne, peixe e outros alimentos.

De todas as frutas em nossa lista esta talvez seja aquela com maior variedade de usos estando presente em boa parte da economia e cultura da região, ainda assim não é apropriada para fazer sucos mas tem um sabor que vale a pena experimentar. 

Pinha

Frutas de Natal

A fruta é geralmente consumida em estado natural ou pode ser usada no preparo de sucos e sorvetes. Muito comum de encontrar no interior. Quem nunca saiu para colher a fruta no quintal da avó?

A mesma também é nome “fruta-do-conde” comum no Brasil, deve-se ao fato da primeira muda da espécie ter sido introduzida em 1626, na Bahia, pelo governador Diogo Luís de Oliveira, o Conde de Miranda. 

Embora seja uma fruta deliciosa com um sabor doce que é realmente fantástico essa fruta pode ser um pouco desafiadora na hora de ser comida, o que acontece é que ela tem centenas de caroços no interior então é necessário cuidado, especialmente com as crianças, ainda assim o esforço vale a pena no final.

Romã

Frutas de Natal
Frutas de Natal

Mesmo sendo uma fruta bastante conhecida, em Natal é comum ver algumas calçadas sujas com as folhas de romã deixando algumas ruas com tons rosados. A fruta ainda é usada como aperitivo, sobremesa ou algumas vezes em bebida alcoólica. O seu interior é subdividido por finas películas, que formam pequenas sementes possuidoras de uma polpa comestível.

Decididamente não vai ser o lanche mais comum que você vai ver sendo apreciado no final da tarde mas com certeza vai estar presente em muitas Happy hour uma vez que seu uso com bebidas alcoólicas é realmente diversificado.  

Umbu

Frutas de Natal
Frutas de Natal

Muitas vezes as pessoas utilizam a fruta com fins medicinais e a consomem in natura. 

A fruta vem do umbuzeiro, conhecida na Caatinga por possuir uma grande resistência à seca, tendo, assim, todas suas folhas perdidas nos períodos de estiagem, mas que, contudo, voltam a florescer nas primeiras chuvas. Sendo assim, a floração desta planta ocorre no fim da estação de estiagem e, seu período de frutificação, estende-se por todo o período chuvoso.

Talvez essa fruta esteja entre as melhores do mundo para fazer suco, o sabor é de um adocicado todo único que combina com tudo, se você experimentar certamente vai concordar que trata-se de uma especiaria. 

Cajá-Manga

Frutas de Natal

Muitas vezes chamada de manga. O fruto tem formato cilíndrico, com 6 a 10 cm de comprimento, 5 a 9 cm de diâmetro, podendo pesar até 380 g. 

Possui uma casca lisa e fina, que possui coloração amarela brilhante, muito aromático e de polpa suculenta, de sabor agridoce e ácido quando maduro, com endocarpo revestido de espinhos (macios) irregulares. É uma fruta rica em fibras.

Pitanga

Frutas de Natal
Frutas de Natal

A pitanga não é comercializada, pois, quando maduro, fica muito tenro e danifica-se facilmente com o transporte, apresentando grande fragilidade. Apesar disso, é apreciado no Brasil, principalmente no Nordeste, por conta de seu sabor marcante, além de ser rico em cálcio.

A pitanga tem um sabor todo especial, sendo tão doce e suave a fruta virou inclusive um sinônimo para crush, sem dúvidas é uma das preferidas do povo potiguar e quando você experimentar vai virar uma das suas preferidas também.

Quero conhecer mais sobre as frutas de Natal!

Se você gostou de conhecer um pouco mais sobre a natureza de Natal e quer aproveitar ainda mais o sabor das frutas locais, aproveite para visitar o estado, ou leia um pouco mais sobre essa terra de maravilhas em nosso artigo sobre:  Frases nordestinas para status.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.