+Natal RN - O Guia Comercial do Rio Grande do Norte
Vamos conhecer um pouco da nossa cidade?

Francisco Diá

0

Francisco Diá (Natal, 5 de Novembro de 1955) é um treinador de futebol brasileiro. Atualmente comanda o ABC.

Francisco Diá
Francisco Diá

Treinador

História do Francisco Diá

Em 2009, ele se classificou para o Campeonato Brasileiro Série C da Alecrim. Ele foi contratado pela América de Natal para salvar o clube do rebaixamento para o campeonato brasileiro da série B, fazendo da equipe de Natal o penúltimo lugar no campeonato. Em 2010, foi contratado por Mogi Mirim e venceu apenas 10 rodadas no Campeonato Paulista, apenas 2 vitórias, 2 empates e 6 derrotas. De joelhos, ele voltou ao jogo de futebol em 2010 no Botafogo da Paraíba, onde venceu a Copa da Paraíba.

Em 2011, ele retornou à América de Natal pela terceira vez sem ser ocultado e foi expulso no final do primeiro semestre. No final do ano, ele foi contratado por Baraúnas. Antes de assumir o cargo de Icasa do Ceará no segundo semestre de 2012, ele trabalhou em Santa Cruz-RN. Pegue Icasa na zona de rebaixamento do Campeonato Brasil Série C e leve a equipe a participar do vice-campeonato, vencendo a qualificação para 2013.

Em 2013, depois da América Mineiro perder por 2 a 1, ele foi demitido por Icasa. Em agosto, o treinador foi contratado por Grêmio Barueri, cuja tarefa difícil era libertar o time do rebaixamento do Campeonato Brasileiro Série C, mas sem sucesso: cinco jogos, cinco derrotas. No final do ano, ele foi contratado pela Nacional-AM.

Em 2014 

Quase passou um semestre no Nacional-AM, onde foi demitido e tentou novamente em São Paulo resgatar o Ocidente do rebaixamento da Série B brasileira, mas apenas três jogos, um empate e duas derrotas não o fizeram. Sucesso, mas com a chegada de outro treinador, a equipe se livrou do rebaixamento e terminou em 15º. Em agosto, o treinador assumiu o ASA. E com apenas oito dias de trabalho e fracasso, o mestre foi surpreendentemente demitido. O Campinense logo contratou um técnico que trouxe alegria para a equipe da Paraíba.

Em 2015, para receber a nova temporada, venceu o campeonato Paraibano de 2015 e renovou o contrato com o Paraiba Club Campinense por mais uma temporada.

O mesmo aconteceu em 2016. O treinador venceu o vice-campeonato da Copa dos Campeões Nórdicos com um começo avassalador e venceu dois campeonatos na Paraíba do Campinense. Em junho, Diá concordou em retornar à América-RN e iniciou seu quarto emprego no Rio Grande do Norte. Em 7 de outubro de 2016, o conselho da América-RN anunciou que Diá não será mais o chefe da equipe de 2017. Devido ao rebaixamento em 2016, a América-RN participará da série D do Brasileirão.

19 de novembro de 2016

foi anunciado o novo treinador do Altos-PI, Piauí, para a temporada de 2017. Diá rescindiu o contrato com o Altos-PI para comandar Sampaio Corrêa, o treinador era um sonho antigo do clube maranhense. Ele deixa Altos-PI, executando uma boa campanha no país, sendo um líder de torneio. Francisco Diá se tornou campeão do Maranhense com Sampaio Corrêa e, no segundo semestre, questionando a Série C, ganhou acesso à Série B com o clube. Em 8 de maio de 2018, Diá deixa Sampaio Corrêia após dois anos no clube, ele fez um bom trabalho na temporada de 2017 com a equipe maranhense, mas em 2018 não alcançou os bons resultados esperados, no início Sampaio Corrêa não avançou da primeira etapa do estado, e na Série B os resultados não foram positivos, vencendo apenas uma partida no início da competição.

Em 27 de julho de 2018, voltou ao clube Campinense, onde venceu o campeonato da Paraíba duas vezes e vice-presidente do Nordeste. Em 15 de maio de 2019, após ser eliminado prematuramente na Pré-Copa do Nordeste de 2020, Francisco Diá deixou o comando do Campinense .

Gostou da matéria?

Tenha outras informações e matérias como esta também abaixo.

Nos acompanhe

Compartilhe

Siga nosso Instagram

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.