+Natal RN - O Guia Comercial do Rio Grande do Norte
Vamos conhecer um pouco da nossa cidade?

Desertificação no Seridó do RN

0

A desertificação no Seridó do RN é um problema que vem crescendo nos últimos anos, o Seridó corre o risco de se transformar em deserto. A afirmação pode parecer alarmista, mas um estudo recente, coordenado pela Agência de Desenvolvimento do Seridó, atesta que toda a região, cerca de um quarto da superfície do Estado enfrenta um grau avançado de desertificação.

E o que é pior: a degradação do solo afeta, direta ou indiretamente, a vida de 260 mil pessoas, cerca de 10% da população do Estado e já causou o êxodo de centenas de habitantes da região. O levantamento feito pela Adese classificou como forte a erosão do solo o primeiro estágio da desertificação em 24% da superfície da região, o que corresponde a 2.211,8 quilômetros quadrados.

Quais as características do seridó?

Desertificação no Seridó do RN
Desertificação no Seridó do RN

A Estação Ecológica do Seridó está inserida na depressão sertaneja setentrional, uma das áreas mais secas das caatingas ocupando uma área de 1.166,38 hectares, no municipio de Serra Negra do Norte/RN.

O clima é semiárido e o Seridó apresenta um tipo peculiar de caatinga, seca e esparsa,com arbustos e árvores de até 2 m de altura. A região do Seridó potiguar foi indicada como área prioritária para a conservação dos répteis das caatingas, por ser insuficientemente conhecida e bem conservada.

O Seridó apresenta um tipo peculiar de caatinga,seca e esparsa,com arbustos e árvores de até 2 m de altura. A vegetação é do tipo hiper xerófila arbóreo arbustiva,com estrato herbáceo denso apenas na estação chuvosa.

Em meio a essa vegetação única são encontradas várias extrusões rochosas que,durante a estação chuvosa, ficam recobertas pela vegetação,proporcionando um ambiente parcialmente sombreado;na estação seca, devido ao fenômeno da caducifólio, ficam expostas em formas de grandes afloramentos rochosos, caracterizando a paisagem típica da região.

Como vai o avanço da desertificação do Seridó?

Desertificação no Seridó do RN
Desertificação no Seridó do RN

Mesmo apresentando uma melhora, na análise de variação da cobertura vegetal neste período, dos 32 municípios que compõem o Núcleo do Seridó, percebeu-se que alguns deles apresentaram uma perda de vegetação considerável (variando de 50% a 100%). Sendo eles: Caicó, Currais Novos, Frei Martinho, Picuí, Nova Palmeira, Pedra Lavrada e Juazeirinho.

No Núcleo dos Cariris paraibanos, as informações referentes a 1990 evidenciaram que, de todo o território, cerca de 5%.

  • Caicó
  • Currais Novos
  • Frei Martinho
  • Picuí
  • Nova Palmeira
  • Pedra Lavrada
  • Juazeirinho

Representava a área de solos expostos naquela década. Já em 2016, os dados demostram que a mesma variável apresentou apenas 0,2% (18,93 km2) de solos expostos. Desse modo, nota-se que também houve diminuição da área de solos expostos nos Cariris.

Como é feito a coleta desses dados?

Desertificação no Seridó do RN
Desertificação no Seridó do RN

Para chegar a esses resultados a equipe utiliza técnicas de sensoriamento remoto para coleta, processamento e análise de imagens de satélite das áreas com referência geográfica, varias instituições que andam em conjunto para a preservação desse bioma único no mundo trabalham para coleta de dados formando assim um conjunto de informações que são usadas para atrair pessoas pra ajudar nessa luta.

Embora o combate contra a desertificação seja constante o estado continua tendo dificuldade em encontrar uma forma de reverter esse processo, porém os esforços não param e você pode contribuir com ideias ou ajuda financeira.

Quero combater mais a desertificação no Seridó do RN!

Se você quer fazer parte dessa luta e ajudar a combater o processo de desertificação, aprenda um pouco mais sobre a rica historia do RN e sobre a cultura local.

Você pode aproveitar a oportunidade de aprendizado para conhecer nossos artigos que falam sobre temas variados como turismo, historia, economia e cultura.

Gostou de tudo que aprendeu? aproveite para aprender ainda mais através de um dos nossos artigos mais completos que trata sobre: A cronologia dos governadores na república velha.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.