+Natal RN - O Guia Comercial do Rio Grande do Norte
Vamos conhecer um pouco da nossa cidade?

Alexandria – RN

0

Alexandria é um município brasileiro no interior do estado do Rio Grande do Norte, na Região Nordeste do país, distante 380 quilômetros a oeste da capital do estado, Natal.

Alexandria – RN

Ocupa uma área de aproximadamente 381 km² e sua população, no censo de 2010, era de 13 507 habitantes, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, sendo então o 39º mais populoso do estado (em 167 municípios).

História de Alexandria – RN

Alexandria foi emancipado de Martins e Pau dos Ferros na década de 1930, com a denominação João Pessoa.
O nome do município, vigente desde 1936, é uma referência a Alexandrina Barreto Ferreira Chaves, mulher de Joaquim Ferreira Chaves, que foi senador e governador do Rio Grande do Norte.

Sua principal atração turística é a Serra Barriguda, que é atualmente é uma das sete maravilhas do Rio Grande do Norte e tem formato semelhante ao de uma mulher grávida.
Considerado um centro de zona do Brasil, Alexandria ainda conta um rico artesanato e realiza uma quantidade diversa de eventos todos os anos, como o Carnaval Tradição, um dos melhores do Rio Grande do Norte.

Segundo o documento Tombo de Demarcação, datado de 26 de setembro de 1759 e descoberto nos anos 1950 pelo historiador Antonio Fernandes Mousinho, a primeira denominação do município de Alexandria foi Barriguda, em referência à Serra Barriguda, onde se localizava a fazenda de mesmo nome, ponto de origem fundamental ao surgimento do município.
Conforme o mesmo documento, o senhor José da Costa, sua principal testemunha, com a mão direita em cima da Bíblia, jurou falar a verdade ao afirmar que tinha 63 anos de idade e era morador da fazenda.

A partir de 1913

A Câmara Municipal de Martins mudou o nome povoado para “Alexandria” em homenagem à Alexandrina Barreto Ferreira Chaves, filha da terra e esposa de Joaquim Ferreira Chaves, ex-governador do Rio Grande do Norte e senador pelo mesmo estado.
Em 7 de novembro de 1930, através do decreto estadual nº 10, sancionado por Irineu Joffily, o distrito passou à condição de novo município do Rio Grande do Norte, desmembrado de Martins e Pau dos Ferros, com a denominação João Pessoa, em referência a João Pessoa Cavalcanti de Albuquerque, líder político assassinado em Recife, por João Duarte Dantas, em 26 de julho daquele ano.

Em 1953, Alexandria, que era formado apenas pelo distrito-sede, passou a ser formado por dois distritos: Alexandria e Tenente Ananias Gomes.
No ano seguinte, em 26 de março de 1963, o distrito de Tenente Ananias Gomes foi emancipado e se tornou município, cujo nome foi posteriormente alterado para Tenente Ananias.
Em 2 de agosto de mesmo ano, foi emancipado e elevado à categoria de município o distrito de João Dias e, dezoito dias mais tarde, o distrito de Pilões.

Gostou da matéria?

Nos acompanhe

Compartilhe

Siga nosso Instagram

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.