+Natal RN - O Guia Comercial do Rio Grande do Norte
Vamos conhecer um pouco da nossa cidade?

A economia no RN

1
A economia no RN
A economia no RN

A economia no RN gira em torno de algumas riquezas naturais do local, como por exemplo a exploração do Sal, o uso do solo para plantação, pesca, e turismo nas suas belíssimas praias e trilhas nas matas.

Além disso a economia do Rio Grande do Norte baseia-se no comércio, na indústria têxtil, na agroindústria, no turismo e na extração e processamento de petróleo. O estado contribui com menos de 1% no Produto Interno Bruto PIB nacional.

As exportações do rio grande do norte teve um aumento de 25% de janeiro a setembro que no mesmo período do ano passado ficaram bem maiores. O estado conseguiu exportar nesses nove meses 219,1 milhões de dólares, Superando consideravelmente as exportações no mesmo período do ano passado.

Quais as cidades que mais produzem Sal e contribuem para A economia do Rio Grande do Norte?

A economia no RN
A economia no RN

O sal não chegou a ser tão caro quanto o açúcar refinado, mas por ser um especiaria descoberta nas Índias durante as cruzadas sempre foi um item valioso para se obter lucro em cima de suas vendas, essencial para o preparo de uma quantia extensa de alimentos o sal é até hoje muito explorado e rentável.

Essas cidades até hoje são conhecidas por suas imensas dunas de sal que sem os devidos EPIS podem causar cegueira de tão forte o reflexo do sol sobre as imensidões brancas das montanhas de sal.

  1. Mossoró
  2. Areia Branca
  3. Açu e Macau

Hoje em dia é possível agendar uma visita nas imensidões brancas dos estoques de sal produzidos por essas cidades. Além de gerar lucro com a extração do Sal também gera lucro com o turismos pelos locais de extração.

O turismo contribui para a economia no Rio Grande do Norte?

A economia no RN
A economia no RN

O turismo é a atividade que mais gera empregos (aproximadamente 120 mil postos) e renda, além de ter vinculadas a ele, outras 54 atividades direta ou indiretamente. O estado recebe mais de 2 milhões de visitantes por ano, os principais destinos são as praias de Ponta Negra, Pipa e Genipabu.

Natal é dotada de boa infraestrutura, com aeroporto e grande rede hoteleira. Atualmente, 97 hotéis e resorts estão em fase de implantação no estado, somando recursos da ordem de U$ 1,3 bilhão.

Para onde vai as Exportações do Rio Grande do Norte?

O bloco União Europeia continuou sendo o principal destino das exportações do RN, mesmo considerando uma queda de 25,6% em relação a 2018, quando representou 55% dos nossos mercados no exterior, caindo para 45%.

Reflexo da redução nas exportações de melões e melancias, a Holanda deu lugar aos Estados Unidos como principal país de destino das exportações no ano passado.

Também merece destaque o aumento das exportações para a Alemanha, mesmo com valor ainda modesto em relação ao seu grande potencial como mercado, com os mamões representando um grande percentual dos valores exportados para esse mercado.

O que o Rio Grande do Norte Exporta?

No total de 2019 as exportações do Rio Grande do Norte ficaram 9,5% menores que as de 2018. Melões, tecidos de algodão, castanhas de caju, peixes e sal foram os cinco produtos com maiores valores exportados respectivamente em 2019.

  • melões
  • tecidos
  • algodão
  • castanhas de caju
  • peixes
  • sal

Entre esses se destacam o crescimento dos tecidos de algodão e de peixes em valores exportados. Importante ainda destacar o crescimento das exportações dos produtos animais impróprios para a alimentação humana de 91,7%, saindo da 11ª posição na pauta em 2018 para a 6ª posição em 2019.

Quero conhecer mais sobre a economia no RN!

Se você gostou de conhecer um pouco mais sobre a economia no RN, não perca a oportunidade de continuar aprendendo, para isso criamos outros artigos com temas que falam de Historia, cultura, turismo e muito mais, por exemplo nosso artigo sobre: A notícia da independência na província do Rio Grande do Norte.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.