+Natal RN - O Guia Comercial do Rio Grande do Norte
Vamos conhecer um pouco da nossa cidade?

A disputa pelas salinas de grossos

1

vamos entender A disputa pelas salinas de grossos, a exploração do sal aqui no brasil acontecem a mais de 200 anos quase sempre sendo extensiva, hoje em dia acontecem em Mossoró, areia Branca, Açu e Macau. porém as jazidas naturais já eram conhecidas desde o começo da colonização.

O sal não chegou a ser tão caro quanto o açúcar refinado, mas por ser um especiaria descoberta nas Índias durante as cruzadas sempre foi um item valioso para se obter lucro em cima de suas vendas, essencial para o preparo de uma quantia extensa de alimentos o sal é até hoje muito explorado e rentável.

Essas cidades até hoje são conhecidas por suas imensas dunas de sal que sem os devidos EPIS podem causar cegueira de tão forte o reflexo do sol sobre as imensidões brancas das montanhas de sal.

A Disputa pelas Salinas do rio grande do norte.

A disputa pelas salinas de grossos

Em tempos mais antigos, os limites entre os Estados nem sempre estavam claros. E quando surgiam questões sobre o tema, a decisão ficava a cargo de juristas, que montavam seus argumentos a favor e contra.

Foi o que ocorreu no início da República, com o conflito territorial entre o Rio Grande do Norte e o Ceará. A disputa de uma importante região salineira entre os dois Estados foi parar na mesa do Supremo Tribunal Federal.

Quais as cidades que mais produzem sal no rio grande do norte?

A disputa pelas salinas de grossos

O sal não chegou a ser tão caro quanto o açúcar refinado, mas por ser um especiaria descoberta nas Índias durante as cruzadas sempre foi um item valioso para se obter lucro em cima de suas vendas, essencial para o preparo de uma quantia extensa de alimentos o sal é até hoje muito explorado e rentável.

Essas cidades até hoje são conhecidas por suas imensas dunas de sal que sem os devidos EPIS podem causar cegueira de tão forte o reflexo do sol sobre as imensidões brancas das montanhas de sal.

  • Mossoró
  • Areia Branca
  • Açu e Macau

Hoje em dia é possível agendar uma visita nas imensidões brancas dos estoques de sal produzidos por essas cidades.

Quem ganhou na briga pelo controle do sal?

A decisão final foi favorável ao Ceará. Mas o governo do Rio Grande do Norte não aceitou: alegou vários erros no laudo e anunciou que não cumpriria o acordo.As autoridades cearenses não fizeram por menos.

Resolveram levar o conflito à Câmara Federal, onde apresentaram o projeto de lei que a Assembleia Legislativa do Estado havia aprovado em 1901. O texto, porém, trazia algumas mudanças, e a principal delas foi a de que o território contestado deixava de ser apenas da barra do rio Mossoró ao Pau Infincado. Agora, a reivindicação era por praticamente toda a região de limites entre os dois estados.

Quando o rio grande do norte começou a valorizar o sal?

A disputa pelas salinas de grossos
A disputa pelas salinas de grossos

Apesar de já existir registros apontando que já exploravam o sal aqui no Brasil a mais de 200 anos o Rio Grande do Norte só começou a ser referência por volta de 1605, foi quando que por meio de embarcações começaram exportar para todo o Brasil e exterior.

Antiga usina de sal que ficava localizada no início do istmo macauense. Acervo histórico do engenheiro Haroldo Martins, é a referência de produção em todo o Rio Grande do Norte, sendo a maior e a mais organizada ela chegou a transportar varias toneladas por dia.

Quero conhecer mais sobre a disputa pelas salinas de grossos!

Quem visita o RN aprende que esse é um dos estados mais belos do Brasil e com mais historias marcantes para contar, sendo assim não perca a chance de conhecer ainda mais, leia nosso artigo sobre: Governantes do rio grande do norte entre 1970 e 1982.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.